Sistemas para logística 4.0: como otimizar sua operação com tecnologias integradas

Resumo

Se quiser, pule para a parte do seu interesse:

Compartilhe:

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Compartilhe:

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

A falta de gestão coloca qualquer operação em risco. Com o avanço da Indústria 4.0, é fundamental que o setor logístico e de transporte organize seus processos e melhore a qualidade do serviço. Para conseguir isso é fundamental investir em sistemas para logística 4.0, que otimizem a operação por meio de sistemas de gestão de frotas, de roteirização, de monitoramento de cargas e de gestão logística.

Para conseguir isso e gerar vantagem competitiva, reduzindo custos e perdas, é preciso ampliar a visibilidade do início ao fim da jornada e ter acesso a dados precisos que permitam a análise assertiva para a tomada de decisões.

Neste caso, ter um aistemas para logística integrado, se torna um pré-requisito. Com todas as informações e dados centralizados e disponibilizados de forma objetiva, clara e em tempo real é possível manter os processos logísticos mais alinhados às demandas de mercado.

Se você quer entender melhor a importância de otimizar processos a partir da integração de tecnologias e saber mais sobre cada um dos sistemas para logística 4.0, confira as informações que reunimos neste artigo.

Otimizar processos: o primeiro passo para a eficiência logística

Ter processos logísticos otimizados é essencial para atender às exigências dos clientes. Ao investir em um sistema integrado e com foco em gestão, sua empresa vai experimentar diferenciais que a colocarão à frente da concorrência.

Entre as vantagens da otimização dos processos e de uma gestão logística focada em resultados estão:

  1. Redução dos prazos de entrega;
  2. Acesso a informações em tempo real sobre a localização das cargas;
  3. Controle de possíveis atrasos;
  4. Avaliação da produtividade da frota;
  5. Monitoramento do transit-time, com acompanhamento do trajeto desde a saída do estoque até o destino final.
  6. Mais assertividade nos processos;
  7. Mais eficiência da frota e melhoria na gestão dos veículos disponíveis;
  8. Visão geral da operação e de toda a cadeia logística.

 

Ao adotar sistemas para logística, todos os envolvidos na cadeia de transporte obtêm benefícios, com bons resultados operacionais, ganhos à imagem, à reputação, destaque frente à concorrência e, naturalmente, aumento nos lucros.

Para quem deseja conquistar esse nível de excelência, a tecnologia tem sido uma grande aliada. Hoje, as empresas já contam com recursos modernos e soluções avançadas para facilitar esse controle logístico tão necessário.

No conjunto de soluções à disposição para a gestão logística há uma série de sistemas, como veremos a seguir.

Tecnologia em sistemas para logística

  1. Sistema de gestão de frotas

Saber usar e selecionar de forma inteligente a frota – seja ela própria ou terceirizada – é o ponto de partida para quem precisa movimentar mercadorias.

Para ter controle sobre aspectos como veículos disponíveis, prazo das manutenções preventivas, caminhões indisponíveis devido a reparos, escalas de motoristas, informações sobre abastecimento e gastos com combustível e gerar relatórios sobre a frota existem sistemas específicos, capazes de sistematizar todos esses dados.

No dia a dia de quem lida com o transporte de cargas, essas informações podem garantir o sucesso de uma viagem e contribuir de forma bastante decisiva para a operação antes mesmo de iniciar o carregamento.

Se sua empresa está preocupada com a produtividade e quer potencializar os resultados, ter acesso às informações a partir de um moderno sistema de gestão de frotas vai contribuir muito para o êxito nos negócios.

E lembre-se de contar também com ferramentas capazes de fazer a programação de cargas, com inteligência voltada ao processo de seleção e contratação de fornecedores de transporte. Para quem não tem frota própria, otimizar o tempo gasto com esse processo é um ganho importante.

Existem soluções modernas que podem fazer o leilão de fretes e conectar as cargas ao motorista ou transportador mais próximo, com base em um cadastro prévio para o controle rigoroso das informações dos profissionais envolvidos na prestação do serviço.

  1. Sistema de roteirização

Tão importante quanto conhecer os recursos disponíveis para o transporte é usar um eficiente sistema de roteirização. Com ele é possível definir e otimizar as rotas, garantindo a escolha dos trajetos mais seguros e com melhor custo-benefício.

Com essas informações acessíveis e o planejamento da viagem definido, os ganhos são percebidos na segurança, agilidade e nos prazos de entrega e, consequentemente, na qualidade dos serviços e nos indicadores de satisfação do cliente.

Além de calcular com maior eficiência os trajetos e ter mais assertividade na entrega, o sistema de roteirização auxilia em outros aspectos, como:

  • definição dos pagamentos e despesas com combustível e transportes,
  • avaliação do tempo estimado da viagem,
  • otimização da frota conforme o tipo e volume das cargas transportadas,
  • escolha de rotas mais seguras e mais rápidas,
  • definição dos locais de parada e pernoites e
  • cálculos de trajetos e prazos de entrega.

Se sua empresa não abre mão de agilidade, segurança e redução de custos, precisa considerar esses itens no planejamento da viagem e investir também em um moderno e eficaz sistema de monitoramento de cargas.

  1. Sistema de monitoramento de cargas

Fundamental para o controle do transporte de mercadorias, desde a saída do armazém até o destino final, o sistema de monitoramento de cargas é útil para embarcadores, transportadoras e operadores logísticos.

Além de controlar o fluxo e a movimentação da carga, o sistema permite a comunicação entre a central e a equipe em trânsito, garantindo a informação sobre o status do transporte e sobre qualquer desvio.

Assim que um alerta é emitido, a Central de Monitoramento atua de forma imediata. Nestes casos, é possível rever a estratégia e tomar medidas para corrigir condutas – evitando atrasos, por exemplo – ou intervir em caso de sinistros como acidentes e roubos.

Em situações como essas, a Central aciona equipes de inteligência e pronta-resposta, que atuam na solução do problema.

Para que o sistema de monitoramento de cargas seja eficaz, a conectividade e o uso de inteligência artificial são essenciais, pois ajudam a:

  • saber a localização do veículo,
  • obter informações em tempo real,
  • confirmar a entrega ou identificar eventuais atrasos,
  • receber alertas e identificar possíveis sinistros,
  • informar ao cliente sobre o status da operação,
  • atualizar os dados sobre a movimentação da mercadoria,
  • reduzir as incertezas da viagem,
  • observar mudanças de perfil dos profissionais envolvidos,
  • promover vigia e eliminar a exposição ao risco,
  • identificar quebras de procedimentos,
  • ampliar as medidas preventivas,
  • mapear possíveis ofensores da operação,
  • aumentar os níveis de segurança e
  • enviar notificações para a empresa e o motorista.

Na hora de contratar uma Gerenciadora de Riscos e um sistema de monitoramento de cargas, tenha todos esses pontos em mente. Integração de soluções, inteligência artificial e sistemas 100% online vão elevar o status da sua operação.

  1. Sistema de gestão logística

Um bom sistema de gestão logística é aquele que integra diversos sistemas com um mesmo objetivo: mais produtividade, excelência e bons resultados.

A conexão entre as plataformas de gestão e as ferramentas operacionais permite resultados acima da média e facilita a missão de quem precisa tomar decisões estratégicas.

E não são apenas os sistemas de monitoramento de cargas, roteirização e gestão de frotas que vão aproximar sua operação da chamada Logística 4.0.

A dica é apostar na interface com outras plataformas operacionais, como o TMS e WMS, por exemplo. Tudo precisa estar conectado e interligado. Desta forma, o acesso às informações fica centralizado e facilita as análises e decisões estratégicas, facilitando o dia a dia.

Além disso, o controle sistêmico dos processos logísticos agrega valor ao negócio, pois aumenta o controle de qualidade, a pontualidade das entregas e a assertividade operacional.

Naturalmente, a melhoria contínua de performance leva à maior lucratividade, já que a integração dos sistemas é capaz de oferecer:

  • Melhor seleção dos fornecedores de transporte ou gestão da frota.
  • On-time de entregas com excelência.
  • Gerenciamento das viagens.
  • Visibilidade e qualidade de informação.
  • Automatização dos processos logísticos.
  • Acesso a informações gerenciais que facilitam a tomada de decisões estratégicas.
  • Gestão à vista, com dashboards customizáveis.

Aposte nesta estratégia de negócios para aprimorar o seu planejamento, melhorar a operação e alavancar os resultados.

Aprimore seus sistemas para logística

O setor logístico tem papel estratégico para a economia do país e vem avançando rapidamente graças à tecnologia disponível.

Se sua empresa está em sinergia com as demandas atuais e busca sistemas para logística, precisa manter o foco nestes quatro aspectos que falamos hoje: sistema de monitoramento de cargas, sistema de roteirização, sistema de gestão de frotas e sistema de gestão logística.

Para saber mais sobre como otimizar o processo logístico em sua empresa, leia o artigo Open SIL: Principais benefícios para implantar o Sistemas para Logística.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open News!

Assine nossa newsletter para ficar por dentro das principais novidades no mundo dos transportes.

Posts relacionados

© 2021 Opentech Soluções em Gerenciamento de Risco e Logística. Todos os direitos reservados.
Scroll Up