Período de safra = congestionamentos

Resumo

Se quiser, pule para a parte do seu interesse:

Compartilhe:

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Compartilhe:

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

 

Quem convive nas regiões de portos da região Sul e Sudeste do país está acostumado aos congestionamentos de caminhões nos períodos de safra. Mas porque isso acontece? O que fazer para melhorar a gestão da logística de escoamento desses carregamentos?

Bem, as respostas para essas perguntas não são tão simples, e por este motivo, também não devem ser tão rápidas para serem totalmente resolvidas. Gestões de obras mal feitas, investimentos erroneamente direcionados, entre outros aspectos, são as principais causas da deficiente estrutura de escoamento agrícola brasileiro.

Atualmente se gasta em torno de US$ 145 para transportar de caminhão uma tonelada de grãos do norte do Mato Grosso, até o Porto de Santos, em São Paulo. Enquanto isso, na vizinha Argentina, a mesma carga é transportada em média ao valor de US$ 36 da cidade de Córdoba até Rosário.

Apesar disso algumas medidas que podem amenizar os prejuízos do alto custo de transporte e dos custos com a possibilidade de uma carga perdida por falta de tempo hábil na entrega podem ser tomadas. Estratégias que incluam uma gestão de risco e logística bem feitas é crucial para que a demora no escoamento da carga não se torne um problema.

Planejar-se sempre é a melhor solução para minimizar os riscos e transportar a carga com segurança e tranquilidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open News!

Assine nossa newsletter para ficar por dentro das principais novidades no mundo dos transportes.

Posts relacionados

© 2021 Opentech Soluções em Gerenciamento de Risco e Logística. Todos os direitos reservados.
Scroll Up