Redução de custos na contratação de fretes: Descubra como

Resumo

Se quiser, pule para a parte do seu interesse:

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Para o setor de transporte e logística no Brasil, encarar desafios e dificuldades já é parte da rotina. Para manter-se competitivo, a saída está em aprimorar processos que melhorem a eficiência, aumentem a produtividade e, é claro, efetuem redução de custos.

Um dos pontos críticos no orçamento logístico diz respeito à distribuição das mercadorias e ao escoamento da produção. Concordamos que a maioria das empresas busca a excelência na entrega para satisfazer às exigências do consumidor, mas como ser eficiente, ágil, chegar em segurança no destino e ainda reduzir os custos na contratação de fretes.

Com inovação!

Hoje, embarcadores já contam com ferramentas que ajudam a superar as principais dificuldades que envolvem a seleção e a contratação de prestadores de serviço para o transporte de cargas.

Entre os principais gargalos para quem contrata frete no Brasil estão:

  • Falta de visibilidade, em tempo real, sobre a localização das frotas, o que impede a identificação de caminhões e motoristas disponíveis para o serviço.
  • Dificuldade para localizar opções de frete de retorno, quando os motoristas procuram novos carregamentos para evitar que uma viagem de volta à cidade de origem seja feita com o caminhão vazio. Este tipo de serviço custa, normalmente, menos do que o valor pago em viagens de ida e pode ser um boa opção para embarcadores.
  • Contratação “manual” dos fretes, feita normalmente por telefone para cotação com transportadores, o que exige grandes equipes profissionais para o gerenciamento e o controle do fluxo das operações.
  • Falta de visão geral do processo, o que dificulta parametrizar indicadores como gastos, tempo para contratação do frete, gerenciamento da viagem etc.
  • Dificuldade de identificação rápida de um transportador já homologado e que atenda aos parâmetros das gerenciadoras de risco e seguradoras. 

Não desanime!

Apesar dos desafios, é possível, sim, aumentar a produtividade, reduzir custos, conectar os processos e gerenciar todas as etapas do transporte de mercadorias – desde a contratação do transportador até a chegada da carga ao destino.

É só contar com a tecnologia e a expertise da Opentech, que no início deste ano apresentou, na Intermodal, o Open One – Módulo de Programação de Cargas. A novidade, em fase de testes com cinco grandes embarcadores do país – foi lançada oficialmente durante a Fenatran 2019.

O que é o Open One?

É uma ferramenta desenvolvida para auxiliar e otimizar a contratação de fretes utilizando a inteligência necessária para o processo de seleção dos fornecedores de transporte. O sistema conecta as cargas ao motorista ou transportador mais próximo com base em um cadastro que permite o controle rigoroso das informações dos profissionais envolvidos na operação.

O novo sistema identifica a melhor opção de frete por meio de leilão e avalia os recursos disponíveis para a operação, permitindo ainda a reserva ou contratação do veículo para embarque. Além disso, com o Open One, é possível disponibilizar a programação ao transportador.

Funcionalidades do Open One

Trabalhando de forma disruptiva, a Opentech conta com uma startup interna para o desenvolvimento de ferramentas como o Open One, que oferece inúmeras funcionalidades e atende a uma demanda crescente do mercado por mais qualidade e eficiência em operações e processos.

Com o novo software da Opentech, é possível:

– cadastrar cargas disponíveis para transporte ou integrar a ferramenta a outros sistemas já utilizados pelo cliente;

– parametrizar as regras para contratação automática do frete;

– melhorar a interface com os transportadores, ampliando a visão geral de todas as cargas em transporte;

– para transportadores, o sistema permite visualizar as cargas que estão em leilão e a entrada na concorrência para o frete;

– avaliar a performance, o desempenho e o rendimento das equipes envolvidas no processo;

– visualizar e identificar veículos aptos para o serviço (caminhões vazios, carregados, distância que se encontram, se estão homologados para a operação que será contratada etc).

Resultados práticos

Atualmente, o Open One faz a conexão de cerca de 4 mil cargas/mês, aproximando embarcadores e transportadores e ajudando a gerenciar a movimentação de mercadorias no Brasil. A expectativa da Opentech é triplicar esse volume até julho do próximo ano.

A ferramenta que pode ser integrada a outros softwares de gestão de transporte utilizados por embarcadores e parametrizada conforme os requisitos de seguradoras e gerenciadoras de risco, já demostrou seu potencial.

Ao padronizar e automatizar o processo de contratação de frete, conectando embarcadores e transportadores, o Open One conseguiu:

– reduzir pela metade as demandas operacionais;

– diminuir em 25% o tempo dedicado à seleção e contratação do prestador de serviço;

– economizar até 20% nos custos com o transporte.

Saiba mais sobre o Open One em: http://opentechgr.com.br/open-one/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open News!

Assine nossa newsletter para ficar por dentro das principais novidades no mundo dos transportes.

Posts relacionados

© 2021 Opentech Soluções em Gerenciamento de Risco e Logística. Todos os direitos reservados.
© 2021 Opentech Soluções em Gerenciamento de Risco e Logística. Todos os direitos reservados.