Greve dos Caminhoneiros em tempo real

Resumo

Se quiser, pule para a parte do seu interesse:

Compartilhe:

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Compartilhe:

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Acompanhe as últimas atualizações da greve dos caminhoneiros no Brasil:

Última atualização:

Acompanhe também pelo link:
https://www.google.com/maps/d/u/0/edit?mid=1rr6SG8Vs4OLvi9__rFp-TOtBoR–u3mh&usp=sharing

29/03/2020 – 14h 50min
Caminhoneiros continuam a paralisação no início dessa semana, no acesso ao porto na Região Metropolitana de Salvador. Apenas contêineres com insumos relacionados à Covid-19 podem ser coletados ou carregados.

26/03/2020 – 14h 20min

Greve dos transportadores de contêineres na Região Metropolitana de Salvador se mantém até segunda-feira, quando ocorrerá uma nova reunião para decidir a situação.

24/03/2020 – 15h 00min

Foi anunciada a greve dos motoristas que transportam contêineres no sistema portuário na Região Metropolitana de Salvador. As vias do Porto e dos terminais de contêineres localizados nessa região (Salvador, Simões Filho é Camaçari), estão interditadas, sem retirada ou envio de contêineres.

15/03/2020 – 13h 05min

Manifestação e bloqueio total em ambos os sentidos, em frente ao Paço Municipal de Goiânia/GO.

15/03/2020 – 10h 25min

Uma manifestação de populares causava lentidão nos dois sentidos da rodovia Presidente Dutra, na altura do quilômetro 210, próximo ao Trevo de Bonsucesso, em Guarulhos, na manhã desta segunda-feira. O protesto iniciou por volta das 7h. Pelas imagens o grupo ocupa a faixa da direita da rodovia. Há aproximadamente 6 quilômetros de congestionamento por causa do protesto. Por volta das 8h30min, o grupo deixou a região do trevo e passou a caminhar pelo acostamento da rodovia em direção a São Paulo. A Polícia Rodoviária Federal e a Guarda Civil Municipal acompanham o grupo.

Região Sudeste 

-> Rodovias Interditadas
Paralização no KM 30 da Castelo Branco/SP  – Apesar da manifestação, as condições de tráfego é normal na Rodovia Castello Branco.
Última atualização:
03/03/2021 às 09h

-> Fluxo normal
Presidente Dutra: Pista sentido RIO – SP com tráfego lento na pista Marginal.

Anhanguera: Pista sentido Sul (Interior – Capital) com tráfego congestionado em Jundiaí na pista Expressa. Obs: Tráfego Intenso.

Dom Gabriel: Pista sentido Oeste com tráfego congestionado em Jundiaí na pista Expressa.
Obs: Tráfego Intenso sentido Itupeva.

Régis Bittencourt – KM 280 Sentido Norte Região de Embu das Artes 3km de Congestionamento devido excesso de veículos – Sentido Curitiba Fluxo Normal

Fernão Dias – Trecho São Paulo KM 90 sentido São Paulo Região de Guarulhos com 1km de congestionamento devido excesso de veículos

Arteris Fluminense – Sentido RJ KM 321 sentido SUL região de Niterói com 6km de congestionamento devido excesso de veículos – KM 304 sentido Sul região de São Gonçalo com 2 km de congestionamento com 1 faixa interditada devido acidente.

Senador José Ermírio de Moraes (Castelinho): Pista sentido Sorocaba (Norte) com Tráfego normal na pista Expressa.

Dr. Celso Charuri: Pista sentido Sul com Tráfego normal na pista Expressa.

Raposo Tavares: Pista sentido Interior (Oeste) com Tráfego normal na pista Expressa.

Mobilização na Rodovia Niterói-Manilha em Itaboraí. Manifestação pacífica sem bloqueio de via.
-> Última atualização:
03/03/2021 às 09h

Região Sul 

-> Rodovias Interditadas
Nenhuma até o momento
Última atualização:
03/03/2021 às 09h

-> Fluxo normal
Arteris Litoral Sul – BR 116 Fluxo Normal – BR 376 Fluxo Normal – BR 101 KM 206 Sentino Norte região de São José com 10km de congestionamento devido excesso de veículos.
Última atualização:
03/03/2021 às 09h

Região Centro-oeste

-> Rodovias Interditadas
Nenhuma até o momento.

A paralisação dos caminhoneiros que transportam combustíveis que se iniciou dia 25/02 em Minas Gerais, e teve o carregamento da refinaria de Betim interrompido, afetou o abastecimento dos postos de combustíveis na região metropolitana de Belo Horizonte/MG, contudo foi suspensa após 1 dia.

Última atualização:
03/03/2021 às 09h

-> Fluxo normal
Rota do Oeste – BR 070 (Brasília x Cáceres), BR 364 (Porto Velho x Goiás) e BR 163 (Pará x Nova Mutum) Fluxo Normal.
Última atualização:
03/03/2021 às 09h

Região Nordeste

-> Rodovias Interditadas
Tentativa de paralisação aconteceu na BR-324/BA, próximo a Feira de Santana.
Última atualização:
03/03/2021 às 09h

-> Fluxo normal
Demais rodovias fluxo normal.
Última atualização:
03/03/2021 às 09h

Informações sobre a paralização

A Associação Nacional do Transporte Autônomos do Brasil (ANTB), convocou nesta segunda-feira (01) a paralização dos caminhoneiros que atuam no setor. De acordo com a entidade, o principal motivador da greve é a alta do preço do diesel, que teve aumento de 4,4% nas refinarias no final de dezembro.

Outros pontos questionados são os baixos preços dos fretes e o descumprimento da lei que prevê o piso mínimo de fretes, medida cuja constitucionalidade está para ser analisada pelo STF (Supremo Tribunal Federal).

Também pedem mudanças na BR do Mar, o marco regulatório do transporte marítimo, que incentiva a navegação por cabotagem, ou seja, entre os portos do país, além de melhores condições de trabalho, incluindo alterações nas regras de jornada e aposentadoria especial.

Os caminhoneiros de Goiás não devem paralisar suas atividades, segundo representantes da classe. Na última semana, associações convocaram categoria a paralisar suas atividades para pressionar os governos federal e estaduais a atenderem suas exigências. Entre elas, estão a efetiva aplicação do piso do frete e a redução do preço do óleo diesel. O movimento, no entanto, não teve apoio da ampla maioria dos profissionais.

Fonte: https://www.jornalopcao.com.br/ultimas-noticias/goias-nao-tera-greve-de-caminhoneiros-309783/ 

O que pode ocorrer durante as manifestações?

  • Incêndios, devido a queima de pneus, madeiras, pertences pessoais, etc;
  • Depredações de veículos que tentarem “furar” o bloqueio;
  • Ameaças e agressões aos motoristas que não concordam com a manifestação;
  • Atropelamento;
  • Vandalismo nos caminhões;
  • Confronto com a polícia;
  • Roubo, furtos e saque de carga.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open News!

Assine nossa newsletter para ficar por dentro das principais novidades no mundo dos transportes.

Posts relacionados

© 2021 Opentech Soluções em Gerenciamento de Risco e Logística. Todos os direitos reservados.
Scroll Up