Redução de custos com a contratação de fretes: uma matemática possível

Resumo

Se quiser, pule para a parte do seu interesse:

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Você já imaginou reduzir em 50% as demandas operacionais da sua empresa com a contratação de fretes, diminuir em 25% o tempo dedicado à seleção e contratação do prestador de serviço e economizar até 20% nos custos com transporte?

Se sua resposta foi sim, pode comemorar: isso é perfeitamente possível!

Em sinergia com as tendências do mercado, a Opentech tornou-se referência no desenvolvimento de soluções integradas para gestão logística e gerenciamento de riscos.

Sabemos que o setor de transportes vive entre a cruz e a espada. Enquanto os custos com a distribuição de mercadorias não param de crescer, consumindo fatias generosas do faturamento das empresas, o mercado exige cada vez mais agilidade e qualidade nas entregas.

Um dos pontos principais para se manter competitivo é reduzir custos, mas como economizar sem prejudicar a distribuição dos produtos em um país de dimensões continentais como o Brasil e que depende, em quase 70% dos casos, das rodovias para a movimentação de cargas?

Os gastos com transportes pesam no bolso. A única saída é buscar alternativas eficientes para aumentar a produtividade, reduzir custos com a contratação de fretes e melhorar a qualidade dos serviços.

Se você ainda não fez isso, está na hora. E nós podemos ajudá-lo a superar os desafios!

Desafios de quem contrata frete no Brasil

  • Falta de visibilidade, em tempo real, sobre a localização das frotas, o que impede a identificação de caminhões e motoristas disponíveis para o serviço.
  • Dificuldade para localizar opções de frete de retorno, quando os motoristas procuram novos carregamentos para evitar que uma viagem de volta à cidade de origem seja feita com o caminhão vazio. Este tipo de serviço custa, normalmente, menos do que o valor pago em viagens de ida e pode ser uma boa opção para embarcadores.
  • Contratação “manual” dos fretes, feita normalmente por telefone para cotação com transportadores, o que exige grandes equipes profissionais para o gerenciamento e o controle do fluxo das operações.
  • Falta de visão geral do processo, o que dificulta parametrizar indicadores como gastos, tempo para contratação do frete, gerenciamento da viagem etc.
  • Dificuldade de identificação rápida de um transportador já homologado e que atenda aos parâmetros das gerenciadoras de risco e seguradoras.

Dê adeus às dores de cabeça

Quem precisa, diariamente, selecionar e contratar um prestador de serviços para o transporte de cargas certamente já viveu uma ou mais situações como essas. Reconhecer o problema é apenas parte da solução.

Para otimizar e reduzir os custos com a contratação de fretes, é preciso investir em inovação e em ferramentas capazes de otimizar os processos e reduzir custos.

A boa notícia é que já existe uma saída.

Imagine um sistema que conecta as cargas ao motorista ou transportador mais próximo com base em um cadastro que permite o controle rigoroso das informações dos profissionais envolvidos na operação.

Além de identificar a melhor opção de frete por meio de leilão, o sistema avalia os recursos disponíveis para a operação, permitindo a reserva ou contratação do veículo para embarque e disponibilizando toda a programação ao transportador.

Perfeito, não é mesmo?

Parece teoria, mas é realidade

Se você ficou animado com tudo o que contamos até agora, incluindo aqueles percentuais lá do início deste texto, fique sabendo que tudo isso já é possível graças a ferramentas como o Open One, um sistema desenvolvido pela Opentech.

A plataforma já conta com o Módulo de Programação de Cargas, mas em breve contemplará outros módulos de serviços para digitalizar, aumentar a produtividade, a visibilidade, a eficiência e os ganhos na cadeia de transporte.

Com o Módulo de Programação de Cargas já é possível organizar, centralizar, automatizar e buscar alternativas para o processo de seleção de fornecedores. A ferramenta ajuda a dar vazão às cargas a partir de programações conforme a sua escolha, que podem ser via leilão entre os prestadores de serviços, programação da carga com frota própria ou terceira por meio de mapa interativo ou ainda direcionamento para um transportador.

Resultados práticos

Com possibilidade de ser integrada a outros softwares de gestão de transporte utilizados por embarcadores e parametrizada conforme os requisitos de seguradoras e gerenciadoras de risco, a ferramenta já demostrou seu potencial e suas funcionalidades.

Com o Open One, você pode:

– cadastrar cargas disponíveis para transporte ou integrar a ferramenta a outros sistemas já utilizados pelo cliente;

– parametrizar as regras para contratação automática do frete;

– melhorar a interface com os transportadores, ampliando a visão geral de todas as cargas em transporte;

– no caso de transportadores, o sistema permite visualizar as cargas que estão em leilão e a entrada na concorrência para o frete;

– avaliar a performance, o desempenho e o rendimento das equipes envolvidas no processo;

– visualizar e identificar veículos aptos para o serviço (caminhões vazios, carregados, distância que se encontram, se estão homologados para a operação que será contratada etc).

Saiba mais sobre o Open One clicando aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open News!

Assine nossa newsletter para ficar por dentro das principais novidades no mundo dos transportes.

Posts relacionados

© 2021 Opentech Soluções em Gerenciamento de Risco e Logística. Todos os direitos reservados.
© 2021 Opentech Soluções em Gerenciamento de Risco e Logística. Todos os direitos reservados.