Passo a passo: Descubra como implementar a cultura de gestão de risco em sua empresa

Resumo

Se quiser, pule para a parte do seu interesse:

Compartilhe:

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Compartilhe:

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram

Você que é gerente de logística e atua diretamente com as operações de transporte sabe a importância de uma cultura de gestão de risco bem planejada e funcionando. Com isso, é possível reduzir custos com danos e erros.

Ciente de que errar durante o processo logístico pode trazer diversos prejuízos, caso ainda não tenha tomado esse cuidado, deve estar se perguntando: como implementar a cultura da gestão de risco em sua empresa?

Entendendo o atual cenário da cultura da gestão de risco

Antes de partirmos de fato para o nosso passo a passo, precisamos entender qual o cenário atual em volta da cultura da gestão de risco no Brasil.

Hoje as empresas de transporte de carga, e até mesmo os centros de distribuição de mercadoria com toda a sua segurança, são alvos constantes de ações criminosas, que podem resultar em prejuízos de níveis milionários. Em áreas de maior índice de assaltos, empresas de logística estão evitando realizar o serviço como uma forma de evitar ao máximo os riscos de perder suas cargas.

Os roubos estão aumentando em todo o país e, por conta desse cenário, se torna cada vez mais importante implementar novas estratégias de segurança e gestão de riscos dentro das empresas.

Um grande erro, principalmente das empresas de transporte logístico de pequeno porte, é fazer a aquisição de um sistema de gestão de risco apenas por ser mais uma das obrigações exigidas pela seguradora, para garantir a cobertura securitária da carga.

Muitos não entendem o nível que se encontra seu próprio negócio e acreditam que os maiores riscos não vão atingir suas atividades, como é o caso dos roubos de cargas. Mas a realidade é que esses são os sempre os mais atingidos pelo problema.

Gestão de riscos no transporte de cargas

O trabalho logístico pode sofrer interferências e enfrentar inúmeros desafios da saída a chegada. Nesse sentido, a cultura de gestão de risco surge justamente para trazer segurança aos componentes desse ciclo, como os colaboradores responsáveis, as mercadorias que estão sendo transportadas e os veículos usados para esse serviço.

A má gestão do transporte de cargas, considerando vários fatores, pode afetar diretamente uma empresa, considerando que o nível de perda pode atingir valores bem altos.

3 passos para implementação da gestão de risco

Vamos partir agora para a série de 3 passos que vão te ajudar a entender como implementar a cultura da gestão de risco na sua empresa.

1º Passo: Recrutamento

Uma parte que muitas vezes acaba ficando em segundo plano ou é desconsiderada quando se pensa em cultura de gestão de risco é o recrutamento dos colaboradores. Saiba que a escolha das pessoas que farão parte do time logístico, sejam motoristas ou colaboradores para acompanhamento interno é primordial.

Nessa fase inicial, além dos métodos tradicionais de entrevistas e análise de currículo, é importante realizar testes práticos que comprovem o conhecimento e a eficácia do trabalho do candidato.

2º Passo: Uso de tecnologias

Para implementar corretamente uma cultura de gestão de risco na sua empresa, é essencial ter o apoio de tecnologias desenvolvidas para auxiliar nessa tarefa, principalmente atuando com métodos de rastreamento e monitoramento em tempo real.

Nesse processo, é importante criar uma série de elementos que serão trabalhados no dia a dia e uma estrutura determinada de ações, visando reduzir os riscos. Para que todos esses passos sejam colocados em prática e da melhor forma, a OpenTech desenvolveu o sistema Open GR, solução que agrega toda a cadeia de pessoas, processos e tecnologias envolvidos na cultura de gestão de risco no setor logístico.

3º Passo: Análise dos procedimentos da gestão de risco

O diagnóstico de todo o trabalho de gestão de risco é essencial para qualquer operação focada em prevenção. Ter mecanismos de análise é um ponto chave da sua estratégia, que só pode prosseguir se os resultados atuais estiverem em níveis satisfatórios de acordo com as previsões.

Só dessa forma você saberá se está atuando com uma gestão de risco voltada aos indicadores corretos ou se precisa buscar novos pontos estratégicos para diversificar essa atuação.

Gostou de saber como implementar a cultura da gestão de risco em sua empresa? Continue acompanhando o nosso blog para conferir mais dicas fundamentais para o bom andamento da área logística.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open News!

Assine nossa newsletter para ficar por dentro das principais novidades no mundo dos transportes.

Posts relacionados

© 2021 Opentech Soluções em Gerenciamento de Risco e Logística. Todos os direitos reservados.
Scroll Up